Posted On 15 de Abril de 2018 By In FPS, Guerra With 48 Views

Call of Duty: Ghosts, Análise e Opinião

Todo mundo conhece a franquia de Call of Duty (COD), um absoluto sucesso e uma das melhores franquias do gênero de FPS e game de guerra. O lançamento de Ghost foi o décimo lançamento de COD e um sucesso de vendas no console e PC.



A história é fictícia e todas as semelhanças com a realidade é mera coincidência, o enredo se passa no mundo onde os Estados Unidos já não são mais uma potência mundial devido aos países emergentes da América do Sul terem se juntado e formado um bloco poderoso em que detém o controle do petróleo e das armas mais potentes do mundo, incluindo a Orbital Defense Initiative, uma super arma orbital americana, tal bloco é chamada de Federação e é a força antagonista do jogo contra quem os Ghosts tem de lutar.

No começo do game, é apresentada cenas em que a Federação invade e toma o controle da Orbital Defense Initiative no espaço, nessas cenas, o jogador controla um personagem chamado Baker, pai do protagonista, Logan. Logo após, a Federação de posse dessa super arma, torna-se a maior potência bélica do planeta e invade a América Central e os Estados Unidos, logo após, a força especial Ghost é convocada a fim de deter o avança da Federação e salvar o planeta de sua dominação.

A trama segue o restante do jogo nessa linha mestra: missões após missões contra alvos estratégicos que inibirão e impedirão o avanço da Federação. Apesar de muito divertida a campanha e seu enredo, não há elementos que não tenhamos vistos anteriormente nos jogos da franquia, com exceção de uma novidade: a possibilidade de controlar um pasto alemão durante algumas missões.

A engine gráfica é igual a dos outros CODs, o que deixa a jogabilidade idêntica, qualidade gráfica também idêntica. A única diferença mesmo em relação aos títulos anteriores é um novo enredo e algumas novidades no multiplayer, como a possibilidade de espreitar nas esquinas e algumas outras interações a mais no cenário e também há outra novidade que é o modo esquadrão, provavelmente inspirado no Battlefield.

É realmente um jogo muito bom e divertido, tem um enredo que cativa e prende a atenção do começo ao fim, mas vale lembrar que o game todo está em inglês, incluindo as legendas, bom para treinar o inglês. O game, por já ter alguns anos de lançamento, encontra-se hoje por volta dos R$ 80 a R$ 120 nas lojas. Para quem ainda não jogou e gosta de um jogo de guerra, tiro e ação, esse jogo é para você! Boa diversão!

Todo mundo conhece a franquia de Call of Duty (COD), um absoluto sucesso e uma das melhores franquias do gênero de FPS e game de guerra. O lançamento de Ghost foi o décimo lançamento de COD e um sucesso de vendas no console e PC. A história é fictícia e todas as semelhanças com a realidade é mera coincidência, o enredo se passa no mundo onde os Estados Unidos já não são mais uma potência mundial devido aos países emergentes da América do Sul terem se juntado e formado um bloco poderoso em que detém o controle do petróleo e das armas mais potentes do mundo, incluindo a Orbital Defense Initiative, uma super arma orbital americana, tal bloco é chamada de Federação e é a força antagonista do jogo contra quem os Ghosts tem de lutar. No começo do game, é apresentada cenas em que a Federação invade e toma o controle da Orbital Defense Initiative no espaço, nessas cenas, o jogador controla um personagem chamado Baker, pai do protagonista, Logan. Logo após, a Federação de posse dessa super arma, torna-se a maior potência bélica do planeta e invade a América Central e os Estados Unidos, logo após, a força especial Ghost é convocada a fim de deter o avança da Federação e salvar o planeta de sua dominação. A trama segue o restante do jogo nessa linha mestra: missões após missões contra alvos estratégicos que inibirão e impedirão o avanço da Federação. Apesar de muito divertida a campanha e seu enredo, não há elementos que não tenhamos vistos anteriormente nos jogos da franquia, com exceção de uma novidade: a possibilidade de controlar um pasto alemão durante algumas missões. A engine gráfica é igual a dos outros CODs, o que deixa a jogabilidade idêntica, qualidade gráfica também idêntica. A única diferença mesmo em relação aos títulos anteriores é um novo enredo e algumas novidades no multiplayer, como a possibilidade de espreitar nas esquinas e algumas outras interações a mais no cenário e também há outra novidade que é o modo esquadrão, provavelmente inspirado no Battlefield. É realmente um jogo muito bom e divertido, tem um enredo que cativa e prende a atenção do começo ao fim, mas vale lembrar que o game todo está em inglês, incluindo as legendas, bom para treinar o inglês. O game, por já ter alguns anos de lançamento, encontra-se hoje por volta dos R$ 80 a R$ 120 nas lojas. Para quem ainda não jogou e gosta de um jogo de guerra, tiro e ação, esse jogo é para você! Boa diversão!

Vote

Nota

Avalie este game deixando uma nota. Para isso, escolha uma das estrelas abaixo para que sua nota seja contabilizada. A nota ao lado é a média dos votos recebidos.

User Rating: 2.35 ( 2 votes)
0

Tags : , , , , , , , , ,

About

Jogador

Amante dos videogames, totalmente apaixonado por jogos eletrônicos, tecnologia e assuntos correlatos. Nunca fica muito tempo sem jogar algum game no seu Xbox One. Sua principal diversão e satisfação na vida é passar horas jogando em seu quarto confortável junto ao seu Xbox One e PC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!